Propulsão

Os chineses da Jilin University foram os responsáveis, neste projeto, pela parte de propulsão do veículo. Desta forma, as decisões quanto ao freio, às baterias e ao motor foram tomadas por eles, com a nossa colaboração. Vale lembrar que um dos requerimentos do projeto era que o PAMD fosse movido por alguma forma de energia limpa, preferencialmente elétrica – a opção por nós definida.
O motor escolhido foi do tipo “In-Wheel”, isto é,  localizado no interior da roda. Esta decisão foi, contudo, um tanto trabalhosa: era necessário selecionar um motor que fosse, simultaneamente, compacto, leve e suficientemente potente. Além disso, devido ao fato de que iremos construir um protótipo funcional do PAMD no próximo ano, seria preferível que ele estivesse disponível no mercado.

motor
Esta imagem mostra o motor finalmente escolhido, com peso de 6,4 quilogramas, diâmetro de 24,5 centímetros e 1000 Watts de potência. Para abastecê-lo, usamos uma bateria de 48 Volts de Íon-Lítio, tomando cuidados semelhantes aos do motor quanto ao tamanho e ao peso, apresentada na imagem abaixo
bateria
Universidade de trabalho: Jilin University (CHI)
Grupo de supervisão: Tatiana, Lucas Ludovico

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s